segunda-feira, 1 de dezembro de 2008



Ansiedade pode gerar obesidade

O desequilíbrio alimentar é um dos sintomas que podem levar ao excesso de peso



A ansiedade é hoje um dos principais problemas gerados pela vida agitada e estressante nas grandes cidades. Entretanto, mesmo que esse seja um sintoma comum entre as pessoas, muitas vezes pode se agravar, acarretando situações mais graves que podem levar, por exemplo, a desequilíbrios alimentares.

Tentando encontrar uma saída para o sentimento de ansiedade, muitas pessoas acabam cometendo excessos alimentares como busca inconsciente para amenizar sensações desagradáveis – como stress, solidão, cansaço, tristeza, raiva – gerando um quadro de sobrepeso e até obesidade. Além das doenças relacionadas ao sobrepeso, como pressão alta, diabetes, doenças do coração e infarto, os efeitos emocionais também são preocupantes.

Mas mudar a forma de se alimentar não é tarefa fácil, pois todo o comportamento alimentar envolve questões físicas e emocionais – difíceis de modificar e o principal responsável pelo fracasso das dietas.

Hoje, existem métodos que auxiliam a lidar com o comportamento emocional e alimentar, como o programa Comportamento Magro. Nele, o paciente recebe tratamento personalizado e aprende a criar comportamentos adequados para perda de peso e um corpo saudável.

O foco principal desse programa é o lado emocional, onde o paciente se torna autor de seu próprio emagrecimento, aprendendo a se responsabilizar pelo processo e deixar de pensar que é a gordura que se apropria dele, sem que ele possa fazer nada. Com isso, a idéia é que a pessoa crie um comportamento magro, em que ela não se utilize da comida para compensar sentimentos.

A psicologia é um aliado no processo de reeducação alimentar e contribuem de forma significativa para que as pessoas emagreçam, mantenham-se magras, livrando-se do indesejável efeito sanfona. A psicóloga Sílvia Luciana Kotaka é especialista no tratamento da obesidade e no desequilíbrio alimentar.

Contato para entrevistas:
Sílvia Luciana Kotaka
Fone: 3206- 6717 Cel. 9113-1212
lucianakotaka@uol.com.br

16 comentários:

Leila Diniz disse...

. bom dia Lú, com muita alegria! início de mês, que sensação boa de recomeço.

. obrigada pela visitinha e apoio. realmente a ansiedade leva a obesidade, vi pelo que passei no mês de novembro, 'eitaa' mês difícil.

. na minha postagem de ontem no meu blog, que tem validade para hoje também porque a fiz com muito carinho, tem recomeço, mensagem do dia e proposta para adoção de cartinha no correio por todas nós, amigas blogueiras, todas nós adotamos uma cartinha e postamos aqui o pedido feito nela e qual das cartinhas lidas mais nos sensibilizou, o que vc acha?

. beijinhos mil.

. FIQUE COM DEUS.

. excelente semana, produtiva ao máximo.

http://leiladiniz-assis.blogspot.com/

Leila Diniz disse...

. obrogada e para vc tb, um excelente mês.

Blog da Cátia disse...

OI Silvia! Interessante o seu blog, com certeza vou visitá-lo. É tão complicado não estar bem com o próprio corpo e é por isso que estou buscando ajuda. Hoje já comecei a minha dieta e quero estar bem em 2009.
Bjs e obrigada pelo recadinho.

Taty disse...

oi! Bom dia! Como sempre, ótimo post e muito pertinente. Adoro seu blog. Fico muito feliz por saber que se importa conosco, com nossa luta. Obrigada.
bj e ótima semana

Renata disse...

Oi Lu, seu blog é mesmo fantástico. Eu passei por todo esse processo por causa da ansiedade: compulsão alimentar que gerou obesidade e problemas de colesterol e triglicerides, depressão e síndrome do pânico, mas com muita força de vontade e ajuda especializada estou cada dia melhor e sei que dessa vez estou no caminho certo. Atingirei meu objetivo com a mente sã e nçao engordarei mais.

Tenho certeza que o seu trabalho é parte fundamental para que as pessoas consigam estabilidade emocional suficiente para conseguir seguir adiante.

Beijos

Andréia disse...

Bom Dia Lu, obrigada pela visita. Realmente o acompanhamento de um psicólogo é fundamental no processo de emagrecimento, mas algumas pessoas ainda relutam em não procurar ajuda e vão a psiquiatras pensando que remédio resolve problema ... pura ilusão

Acho q vou falar sobre isso no meu post amanhã... hehehehe

Seria bom q casa ser humano fizesse psicoterapia mas........... o preconceito ainda bate forte, mas tadinha da psicologia ainda é nova neh hehehehe

bjao

Safi Ana disse...

Obrigada pela visita:-) Fico feliz, mas sinto que meu blog é apenas uma forma de desabafar e falar das coisas que no ''mundo real'' não fazem sentido. Eu tenho uma opnião bastante eclética e não tenho nada contra as meninas pro-ana e mia e também não tenho nada contra quem faz R.A.Estou sempre querendo conversar abertamente sem ter que me policiar com nada e falar de coisas que são tabu. Muito do meu comportamento pode até ser condenável, mas eu não fiz o blog para receber críticas, na verdade é mesmo só como válvula de escape. Seu blog é bastante sério e bastante interessante, mas bem diferente dos meus propósitos:-)

Vania San disse...

Estou morrendo de vontade de me engajar no tratamento!

Vou fazer um estudo (rss) nas finanças aqui e ver se consigo no próximo ano.

Tenho certeza que uma vez que aprenda a lidar com "sentimentos" meu emagrecimento será natural e definitivo!

Beijos

Vanessa disse...

Oi Luciana!
Obrigada pela visita no meu blog,eu fiquei muito feliz de saber que é pscóloga!
Nem te conto já peguei dois encaminhamentos com o meu endocrinologista para me consultar com um pscólogo e não fui nenhuma das vezes! Não sei se é medo ou ansiedade (adorei a postagem sobre o assunto)mas eu precisava muito sei que seu blog vai me ajudar!
Obrigada !!!

Ana Maria disse...

Oi Luciana!
Não sou de Curitiba, sou do Rio Grande do Sul.

Luciana disse...

Olá amiga Lu!!!
Ansiedade...caso sério!!!
Vou procurar conhecer melhor o método,e mais informações p ter mais ajuda neste processo...com mais tempo volto p pesquisar os valores,e de que forma ocorreria o tratamento ok?
bbbbbbjus

disse...

oie

amei o texto... é a pura verdade rsrs

bjos

Adriana Marques disse...

Oie Lu,

Pois é, fico logo íntima ahahahahaha.

Adorei a sua visita, que chic!
É, já havia feito tratamento 2 vezes com psicóloga e agora resolvi voltar pois estou me sentindo muito perdida.

Na semana passada foi minha primeira consulta e após eu descarregar tudo em cima da psicóloga ela me disse que realmente havia muitos pontos a serem trabalhados mas que deixaria uma pergunta para que eu pensasse até a próxima consulta que acontecerá amanhã.

Achei tão legal a pergunta que deixei no meu blog para que outras meninas possam se fazer a mesma pergunta.

Só que ainda não consegui colocar as idéias em ordem para responder... realmente não sei o motivo, ou acho que não sei...

É isso aí, parabéns pelo blog, obrigada e força sempre para todas nós.

Beijocas

Luciana disse...

Obrigada minha amiga,por sempre estar nos auxiliando,por sempre estar me motivando...e por me lembrar mais uma vez que se eu me amo,e sei que ninguem pode fazer o que só eu devo,vou conseguindo conquistar meus objetivos!
Deus te abençôe ricamente.
bjus

Flavia Almeida disse...

oi lú!! eu me identifico com este post sou muito ansiosa amiga.Em outros tempos comia sem sentir sabor d nada.

agora respiro fundo até colocar minhas emoçoes em ordem aí sim sento-me a mesa,foi esta tática q faça para me domar perante a comida.bjos

www.sualista.com.br disse...

www.sualista.com.br