terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

10° Turma Cirurgia Bariátrica Online



Objetivo

O objetivo do curso online de Cirurgia Bariátrica é deixar o profissional da saúde atualizado e capacitado para trabalhar com essa população que recorre às cirurgias do estômago como método de tratamento da obesidade.

Conteúdo Programático

  • Tipos de cirurgias;
  • Indicações para a cirurgia bariátrica;
  • Psicologia na preparação e acompanhamento pré e pós cirurgia bariátrica;
  • Responsabilidade do paciente na perda e manutenção do peso;
  • Acompanhamento nutricional no pré e pós-operatório de cirurgias bariátricas;
  • Avaliação nutricional: clínica, bioquímica e dietética, avaliação da perda de peso, identificação e tratamento das complicações nutricionais pós-cirurgia bariátrica;
  • Gestação e cirurgia bariátrica;
  • Suplementação indicada;
  • Reganho de peso no pós operatório tardio;
  • Cirurgias reparadoras de contorno corporal;
  • Necessidades nutricionais específicas do paciente bariátrico submetidos à cirurgias reparadoras;
  • Conduta Nutricional no Pré e Pós operatório das cirurgias reparadora;
  • Manejo nutricional das complicações estéticas (alopecia, síndrome das unhas frágeis e flacidez dérmica);
E mais!
  • Modelo de laudo nutricional;
  • Tópicos abordados nas reuniões no pré operatório;
  • Exemplos de cardápios;
  • Estudos de casos (cirurgia bariátrica e cirurgias plásticas/reparadoras);
  • Orientações nutricionais.
Acesse o link abaixo e realize sua inscrição:

https://www.institutoanapaulapujol.com.br/iapp/produto/curso-online-cirurgia-bariatrica-1102-a-11032016-20-horas-cb001-10/

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Cinco dicas, baseadas em estudos, para ajudar no prevenção ao ganho de peso.

5 dicas de comportamento alimentar para prevenir o ganho de peso


1. Não passar fome.
Comer refeições e lanches em intervalos regulares. Fazendo isso tendemos  a não ficar com muita fome, o que nos ajuda a resistir às beliscadas durante o dia e de exagerar nas principais refeições. Não se esqueça de incluir frutas nesses intervalos.

2. Peça porções menores
Estudos mostram que quando estamos a frente de grandes porções de alimentos, mesmo que não estejamos mais com fome, a nossa tendência é continuar comendo. A mesma coisa quando colocamos as porções na mesa. Melhor levar o prato já servido para a mesa, evitando repetir o prato.

3. Encha metade de seu prato com vegetais e legumes
Um programa do Departamento de Saúde dos EUA (USDA), ChooseMyPlate.gov, sugere que completemos metade do nosso prato com vegetais e legumes, assim tendemos a comer menos de outros alimentos menos nutritivos. E procurar fazer um prato bem colorido.

4. Criar um ambiente de cozinha saudável
Manter uma tigela de frutas no balcão da cozinha, evitando deixar qualquer junk food a mostra. Manter alimentos saudáveis ​​à mão pode ajudar nas escolhas e a prevenir o ganho de peso.

5. Cozinhe mais
Quando cozinhamos mais, tendemos a fazer escolhas alimentares mais saudáveis. Um estudo recente descobriu que cozinhar refeições em casa foi associado com um risco ligeiramente menor de desenvolver diabetes tipo 2. Os pesquisadores também descobriram que em oito anos de seguimento, aqueles que comeram mais refeições caseiras tiveram menores ganhos de peso e um menor risco de obesidade.


Confira as notícias sobre obesidade e síndrome metabólica no site:   http://www.abeso.org.br/

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

12 dicas incríveis para você largar a ansiedade de vez em 2016



Foto: AntonioGuillem/iStock
Quais são os seus planos para o próximo ano? Deseja uma rotina mais leve, sem estresse e com mais paciência para resolver os contratempos? Saiba que diminuir o nível de ansiedade pode deixar a sua vida mais tranquila. O DaquiDali pediu à psicóloga e colunista do portal do “O Estado de São Paulo” Luciana Kotaka dicas para te ajudar nessa missão. Descubra!

Pratique uma atividade física
De acordo com a psicóloga, dessa forma é possível diminuir a ansiedade de maneira saudável, sem recorrer à medicações. “Você pode correr, dançar, andar de bike, praticar muay thai, tênis ou outra modalidade esportiva que goste”.

Comece a meditar
Aprendendo a respirar corretamente, sua a mente vai se esvaziar, focando no momento presente. “Melhora não somente a ansiedade, mas a saúde em geral”.

Relaxe!
Relaxar é importante, nem que seja por três minutos. “Espreguice, respire profundamente e conte até cinco tempos para inspirar e mais cinco para expirar”.
Luciana sugere que, ao chegar em casa, você tome um banho relaxante. “Ou então, deite-se no chão com as pernas erguidas e apoiadas na parede. Reserve pelo menos dez minutos para abaixar o estresse antes de fazer sua refeição”.

Concentre-se 
“Lembre-se que viver ansioso é estar sempre a frente, no futuro. Concentre-se em se manter no presente, aproveitando os momentos. Sinta a respiração e se entregue ao que está vivendo agora“.

Faça planos reais
Deixar de lado a crença de que você só será feliz quando fizer a viagem dos sonhos, tiver um namorado, comprar o carro. “Esses pensamentos só aumentam a ansiedade e impedem de viver a felicidade de forma mais plena“.