quinta-feira, 23 de outubro de 2008




Como escolher o óleo mais saudável para utilizar em seu dia-a-dia?

Eles se dividem em tantas opções, como: óleo de soja, de milho, de canola, de girassol; azeite de oliva; banha, manteiga, margarina.

Dentre tantas opções, como saber qual é o mais saudável?

Na hora da compra, você consumidor, deve estar atendo as informações nutricionais contidas no rótulo deste alimento. O melhor óleo é aquele que contém maior quantidade de gorduras benéficas a sua saúde. Essas gorduras são chamadas de insaturadas e se dividem em monoinsaturadas e poliinsaturadas. Elas são metabolizadas pelo organismo e se transformam em ácidos graxos essenciais, que atuam no controle do colesterol e na fabricação de hormônios, por exemplo.


As gorduras que fazem mal ao organismo são as saturadas. Elas estão presentes em quase todos os alimentos, porém em maior quantidade nos de origem animal, como carnes, ovos e laticínios. Quando esse tipo de gordura é ingerida em excesso leva ao desenvolvimento de doenças cardíacas e vasculares.


O ideal é optar por um alimento com pouco ou nenhuma gordura saturada e alto teor de gorduras insaturadas (mono e poliinsaturadas).


As propriedades benéficas dos óleos se perdem quando ele é esquentado até altas temperaturas. Em cozimentos rápidos ainda é possível manter as gorduras boas. O problema está nas frituras. Isso porque a temperatura alta transforma as gorduras insaturadas em saturadas, o que acontece do azeite mais caro ao óleo mais barato.


Quando o óleo começa a queimar e atinge o chamado de ponto de fumaça, ele produz uma substância chamada de acroleína, que é cancerígena. Por este motivo que o reaproveitamento de óleos para frituras é condenado.


O óleo de soja é o que demora mais a atingir esse ponto, por isso é tão usado nas frituras. Já a manteiga tem o ponto de fumaça mais baixo e não deve ser usada para fritar alimentos.


Entre os óleos vegetais, os azeites de oliva juntamente com o abacate são os campeões em índices de gordura monoinsaturada, a melhor para a saúde. Em 100 ml de azeite podemos ter até 79g de gorduras monoinsaturadas, enquanto que no óleo de milho, por exemplo, o índice é de 29g.


O azeite também é rico em polifenóis, que são antioxidantes e reduzem a formação dos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento do organismo. Essa substância também está presente na uva e nos vinhos.


Uma reportagem comparou rótulos de quatro tipos de óleo de uma mesma marca. Veja aqueles que contêm maior índice de gorduras boas (poli e monoinsaturadas) e ruins (saturadas) para a saúde, de acordo com o fabricante. Os valores são referentes à quantidade de uma colher de sopa de óleo.

CANOLA Gorduras saturadas - 1,0 g Gorduras poliinsaturadas - 3,7 g Gorduras monoinsaturadas - 7,3 Ômega 3 - 1,0 g


MILHO Gorduras saturadas - 1,8 g Gorduras poliinsaturadas - 5,9 g Gorduras monoinsaturadas - 4,3 g Ômega 6 - 5,7 g


GIRASSOL Gorduras saturadas - 1,4 g Gorduras poliinsaturadas - 7,6 g Gorduras monoinsaturadas - 3 g Vitamina E - 4,8 g


SOJA Gorduras saturadas - 2 g Gorduras poliinsaturadas - 7,1 g Gorduras monoinsaturadas - 2,9 g Vitamina E - 1,7 g



Dra. Emanuelle Giacomini Fiorentin - Atendendo a pedidos de colegas do Blog.
Nutricionista CRN8 4809


23 comentários:

Dani disse...

Olá!
Adorei este post, sempre tive dúvidas quanto ao uso de óleos ou azeite! Vou aproveitar as dicas!!!
Beijos

Leila Diniz disse...

. oi Luciana, antes de mais nada tenho que agradecer a visitinha de ontem no meu blog e felicitação pelo meu aniversário, muiiiiiito obrigada.

. eu tb me confundo muito na hora de encontra o melhor óleo, excelente dica essa do post de hoje.

. beijinhos mil.

. fique com DEUS.

Dani disse...

Oi Luciana!
Voltei! Aproveitando a brecha... gostaria de umas dicas de alimentação antes e após a prática de exercícios físicos! Eu faço hidroginástica 3x por semana e como não tenho muito tempo de "jantar" antes da aula que começa às 19:00hs, faço um lanche rápido (geralmente 1 fatia de queijo e 1 de peito de peru, ou 1 banana e 1 fatia de pão de forma light...) e quando volto como mais alguma coisa, às vezes pão novamente, ou salada de frutas, ou 1 barrinha de cereal + 1 iogurte desnatado...
Tenho dúvidas em qual seria a melhor forma de me alimentar nestes momentos! Se puder me ajudar, eu agradeço!!!
Beijos

A. Valentinna disse...

oi lu adorei seu post, nunca atentei para a escolha do óleo e agora vou ficar de olho... esse transtorno compulsivo é uma constante em minha vida, me enquadro em todos os tópicos que vc colocou, mais me sinto assim principalmente a noite... mais que bom que tem solução rsrsr bjão

melly disse...

oi Encontrei seu blog num blog de uma amiga e amei as dicas to deixando aqui que vou linkar la no meu blog ok,bjs

Mohana disse...

Luciana, muito bom o tema abordado hj, acho que esclarece muitas duvidas...
Beijoss!

●๋๋•P®ï●๋๋• disse...

Bem legal amiga!!!bjks

Dani disse...

Oi Luciana! Importantíssimo saber isso, pois as vezes pecamos pela falta de conhecimento...
Obrigada por mais esta dica!
Beijosssssssss

Só Depende De Mim... disse...

Oi luciana
Muito legal essa matería,hj eu fui na minha nutri e ela me liberou pra usar o óleo de milho,disse pra na hora de temperar a carne por um poukinho do óleo.
bjos

Debi disse...

Ola Luciana,
Adorei a materia, me tirou varias duvidas que em tinha em relação ao uso de oleos.
aqui em casa nos usamos mais o de canola e o azeite de oliva.

Bjinhuss
Debi

~~ Sereiah ~~ disse...

Oi Luciana! Obrigada pela visita! Eu só uso óleo de girassol e azeite virgem mas outro dia fiquei foi triste... uma reportagem denunciava que até nesses óleos considerados saudáveis acharam gorduras trans! Me deu uma raiva... não dá mais prá confiar em rótulos! Bjks

Juliana Viruel disse...

Nossa Lu, que carinho lindo esse seu comigo. Quero sua ajuda sim, seus textos (principalmente o da Compulsão) me ajudam a me entender e me descobrir mais. Sabe, é um coisa tão maluca, que pra falar a verdade nem sei a qual profissional recorrer: terapeuta, psicólogo, psiquiatra, nutrólogo ...
O é essa tal de auriculoterapia?
Fiquei curiosa e feliz ao ler que vc disse que tem tratamento, remédios pra isso.

Help

SENHORITA ALFACE CRESPA disse...

Se eu pudesse, n copmeria óleo nunca mais...tem muita gordura boa numa castanha e nas nozes, abacate...prefiro flor!!!Xerussssssss!!Faça um post sobre pensar magro...ai diz q sim...simmmmmmmmmmmmmmmmm?????Rrsrsrrssrsr!!!

sarah disse...

não sabia sobre essa substância cancerígena... minha mãe sempre reaproveita o óleo de frituras pra fazer novas frituras, vou falar pra ela sobre isso. beijos!

Ale disse...

adorei sempre tive duvidas de qual comprar!!!!

Danielle Balata disse...

Aii detesto oleo, só de pensar me dá enjoou..

Beijos

Emagrecendo Já! disse...

Ola Luciana, obrigado pela visita, espero q volte mais vezes.
Ameeeiii o seu blog, e vou virar visitante nata rs, mtas dicas boas, demais msm.

Posso pedir um favorsinho...rs Poderia falar algum dia sobre a alimentação vegetariana? É,sobre combinações de alimentos, o q é importante, o q substitui o q...essas coisas, te agradeço desde já. (sou vegetariana)

Então é isso, parabens pelo seu blog, amei demais.
Até!
Bjocas

Emagrecendo disse...

Olá LUciana, seu blog é demais!
Meu e-mail é: lba_liliane@hotmail.com
Beijos.

Só Depende De Mim... disse...

Oii
Gostei sim,já até falei pra minha mamis parar de guardar o óleo que sobra das frituras,e hj eu fiz meu bife no grill ficou meio branco mais até q ficou bom :)
Bjos

Quety disse...

que linda !!!!!!!!!
eu estava precisando dessas informações!!!!
vou me divertir no mercado lendo os rótulos!!! rsrsrsrsrs
beijos

Flavia Almeida disse...

oi lú adoro seus post sempre muito instrutivos sempre compro azeite de oliva em vidro extra virgem adoro bjos

Dani disse...

Oi Luciana, mais uma vez agradeço seu carinho... Tenho passado uma fase menos dolorida... a aceitação de certas coisas que não podem ser mudadas me fez bem. O excesso de trabalho também. Mas mesmo assim agradeço por essa acolhida tão calorosa!
Bom fim-de-semana!
Beijosssssssssss

www.sualista.com.br disse...

www.sualista.com.br