sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Início de mês!






Nada como o início do mês para nos animarmos!


Pode ser o início de um novo ciclo , uma nova mulher, um novo homem, nascendo...


Descobrir nossos potenciais, desejos,gostos...


Sabe, comemos tanto e tão depressa que na grande maioria das vezes nem percebemos o gosto dos alimentos.


É doce..é amargo..é crocante..é macio..é duro..é seco.....assim, nem sentimos, não é mesmo?


É importante que possamos nos sentar com calma para realizarmos nossas refeições.


Olhar a comida disposta na mesa, e cuidar para se servir de forma equilibrada, e moderada! Sim, além de colocar em seu prato alimentos que apreciem, poder fazer a escolha de comer de forma equilibrada e com qualidade.


A escolha de ficar bem com seu corpo e com você é somente SUA! Ninguém fará por você.


Então, olhe com carinho e decida o que se dará para comer. Essa escolha pode definir uma série de acontecimentos em sua vida. Por exemplo : diabetes, pressão alta, infarto,problemas articulares,gastrite,anorexia, bulimia, ou sentir-se bem, leve, tranquila, ágil, solta...


Você pode pensar: AH! isso ainda não vai acontecer comigo, sou nova. Estatísticas recentes comprovam o aumento da incidência dessas patologias em pessoas jovens...


Olhar para a comida como um aliado, no seu bem estar físico e mental é de extrema importância.


Cuidar é o ato mais íntimo e completo que pode se dar.

Lembre-se você é o que come.


Luciana Kotaka

5 comentários:

BELA .com disse...

Oiiii miga...o site da vivax está com problemas e não consigo acessar meu e-mail por isso.
Vc já me enviou oq achou sobre a minha semana??
Ahh qria tirar uma dúvida, tenho mto bloqueio diante de provas (matemática e física) faço tdo certo em aula e em casa mas qdo chega na hora só sai besteira...oq será isso??
Beijuuuss saudades

Crista disse...

Bons conselhos minha amiga!!!

Beijocas e um óptimo domingo

●๋๋•P®ï●๋๋• disse...

Amei!

~~ Sereiah ~~ disse...

Sabe aquele hábito horroroso de misturar a comida no prato e encher bem a colher e enfiar na boca da criança prá que ela "se alimente bem" sem saber o que está comendo? Fui criada assim. A pergunta "o que é?" era proibida. A resposta sempre era: "não interessa. Come tudo!" Depois de adulta aprendi a comer um alimento de cada vez, sentindo o sabor da cenoura, do chuchú, a carne...

alimentacaoesaude disse...

Oi Lu, adorei a sua visita.. já conheço o seu blog, de vez em qd passo aqui para pegar umas dicas.. é realmente ótimo. Fiquei mesmo muito feliz em saber que uma profissional que dá dicas tão boa conheceu o meu blog.

Posso te linkar?

abcs

Thaís Lopes