sexta-feira, 16 de janeiro de 2009



Serei magra ?


É muito interessante observar a reação das pessoas em relação a perda de peso. Buscam normalmente soluções rápidas e práticas, não querendo perder tempo para avaliar os fatores que desencadeiam o ganho de peso.




Mágica! Muito bem! Vou tentar essa nova dieta, quem sabe essa dá certo...
Em busca dessas soluções mágicas, nos eximimos da responsabilidade, em relação a nossa ingesta alimentar, como se a comida fosse a grande vilã nesse processo chamado obesidade e não a forma que a utilizamos de fato.




É certo que nossas emoções podem ter um efeito destrutivo quando não a canalizamos de forma assertiva. Observo que a raiva, tristeza, frustração, cansaço, estresse,tudo o que acontece a nossa volta, acaba desencadeando o abuso alimentar.




Através do um processo terapêutico, iremos instrumentalizar o paciente para aprender a lidar com esses sentimentos que interferem na sua rotina diária .




Com a construção de um comportamento magro, se adquiri um controle sobre a ingesta alimentar, podendo identificar o que agrada nosso paladar, se o alimento é crocante, macio, cremoso, e ainda como distribuir nas refeições os alimentos que apreciamos que são mais calóricos, como o chocolate, sem que ele seja o grande vilão do sobrepeso e obesidade.




Nesse processo não há restrição desses alimentos, e sim ferramentas que auxiliam na distribuição dos alimentos, de forma qualitativa e fracionada.



Pois comer é para toda vida, e lembrem-se que não poderemos viver de dieta sempre.




Luciana Kotaka
Psicóloga Clínica - CRP-08/06502-1
Curitiba-PR



44 comentários:

Rosangela Neri disse...

Maravilhosa a postagem, parabéns!!!
Concordo plenamento contigo, de dezembro pra cá perdi quatro quilos comento praticamente de tudo, porém fracionado em 5 refeições, perdi simplesmente 4kg.
Beijocas e bom fim de semana!!!

melly taka disse...

oi miga adoro seus post bom eu vivo tentando aprender a domar a comida,cansei de dietas eu quero estar acima da comida minha briga e´com a falta de equilibrio alimentar,um dia como bem outro passo fome e e´um desiquilibrio muito ruim mas ainda vou entrar num acordo comigo,bjs adoro seu blog

Grazi disse...

Oi Lu (posso chamar de Lu?), tudo bem?

Também sou psicóloga e quando li seu post fiquei pensando aki comigo, poxa eu sei tudo isso que a Lu tá falando, mas porque algumas vezes ainda "como a minha tristeza, a minha solidão, as minhas frustrações...".

No início eu estava meio que me auto-analisando e as coisas estavam andando, mas, agora parece que desandou (depois dá uma olhada lah no blog).

O que eu quero é conseguir dominar a mim mesma, fazer uma boa reeducação alimentar e resolver meus problemas e não mais comê-los.

Amo seus posts.

Beijokas

zizi disse...

Olá Luciana!
Realmente comer é para toda a vida, dieta não. Aprender a comer qualitativamente é árdua tarefa. Atingir esta dita "lapidação" no ato de se alimentar é doloroso. Mas é a nossa melhor opção.
Ótimo post.
bjo
zizi

Anne costa disse...

Eu confesso que já fui muito atrás de dietas malucas,que prometiam uma perda rápida,e já ví muitas vezes a comida como vilã...ou melhor,ás vezes quando é algo muito calórico ainda vejo.rsrs
Mas o que mais me incomoda,é que realmente transfiro sentimos para a comida,principalemnte quando estou triste,porque quando estou bem,consigo comer de forma racional,e se como algo que engorda,faço consciente e compenso depois,mas quando é umas das crises compulsivas não tenho controle e nem consigo lembrar do que comi e das quantidades depois,algo muito ruim.
Preciso mesmo canalizar meus sentimentos em outras coisas,pra poder eliminar o sobrepeso e ter uma vida equilibrada,sem dietas e saem neuras.rsrs

Beijos e tenha um ótimo sábado!!!

Leila Diniz disse...

. oi Lú, amiga querida, vc como sempre muito sábia nas palavras.

. final de semana hein! estou no meu 3º dia de recomeço, acordei tarde e por estar em boa companhia acabei tomando um café reforçado, acho que ficarei sem o almoço ou pelo menos com algo leve, acordei tarde, 11:00hs, por conta da chuva maravilhosa que ainda está caindo aqui na minha cidade.

. excelente final de semana.

. beijinhos mil.

. FIQUE COM DEUS .

. Leila Diniz .

rosinha disse...

Suas considerações são sempre ótimas. A reeducação e a constância são realmente o alvo correto. Obrigada pela força. bj.

cintia disse...

Pois é... Mas a questão é: como fazemos para adquirirmos este comportamento? Tenho muuuiiiita dificuldade em perder meus vícios. Acho q por isso engordei todos os quilos que já havia conseguido perder... tem sido bem difícil...

Polêmica disse...

É verdade! A comida não é a grande vilã. Nós temos que primeiro educar nossa maneira de pensar, não ficarmos tão ansiosas e achando que só vamos emagrecer quando pararmos de comer radicalmente, fazendo essas dietas rígidas e malucas!

Beijão!

Danielle Balata disse...

Comer direito.. sem abusar com certeza nos fará saudavel pelo resto da vida sem precisar que estarmos de dieta o tempo todo.

Beijos

Daiene Cliquet disse...

Adorei seu post de hoje!

COncordo com tudo.

Obrigada por me responder com relaççao ao post do TOC!

Bjocas
Daiene

jorge_m. disse...

Oi,
pois é isso mesmo, a obesidade é uma consequência de outros problemas, mas pronto cabe a nós resolver aos poucos, e acho que a perda de peso ajuda em muito, pois a pessoa vai sentir-se com uma auto-estima renovada!

Bom domingo,
bjs

Aline Satiko disse...

Com certeza, dieta não é para sempre, devemos dominar nossos impulsos...
Estou muito feliz com o resultado da balaná essa semana, porque sei que é esforço meu, sem remédios, de uma maneira bem saudável!!!!
Amanhã é dia de pesagem oficial!!!!
Adorei esse post, assim, como adoro ler esse blog, muito instrutivo!!!!
bjkas e ótima semana!

Kat disse...

É isso mesmo Lú.. o caminho da RA é lento, mas é para a vida toda. Às vezes vejo meninas perdendo o dobro de peso do que eu, mas não me deixo abater,pois coloco minha saúde em primeiro lugar. Ontem mesmo minha avó me perguntou q eu não tomava aquele remédio fortíssimo para emagrecer(X...)
Sai fora!!!!!! Fala sério!
A mudança de atitudes é lenta e dolorida, mas vale à pena!


bjokas

Taty disse...

Olá! Boa tarde.
Gostaria muito de saber o que fazer para não ingerirmos kg de comida tentando suprir nossas angústias, tristezas e etc.... Lido muito mal com minha ansiedade e tenho absoluta certeza de que por isso tenho sobrepeso. Mas a pergunta é......Como fazer para conseguir equilíbrio e não comermos sentimentos? O que fazer para controlar a ansiedade?
Estou de novo em RA e ontem ao me pesar, após 14 dias de atividade física e equilíbrio alimentar engordei 1 kg. E não é TPM, nem retensão líquida. Resultado: comi muito de tanta angústia. Há solução prá mim?????

Fênix disse...

Oi Lu! Passando pra ver vc. e como sempre concordando com os suas postagens...agora é seguir em frente, e alcançar objetivos, sem neuras.
Beijocas

SENHORITA ALFACE CRESPA disse...

OI querida...pra variar a postagem tá 10!!! Ninguém entende como engorda...parece uma praga q alguma invejosa joga...mas é simplesmente esquecer d nós mesmas e anulação...coisas assim!!! A dra. aí pode nos explicar melhor...!!! Já te falei q em algumas épocas tinha medo d emagrecer pq achava q ía ficar menor...ocupar menos espaço...parecia q ía perder alguma coisa muito valiosa e julgava q n valia a pena...ainda bem q isso passou!!! Mas e pergunto pq pensava assim??? Beijaum!!!

Só Depende De Mim... disse...

Oi Luciana
Mas é dificil aprender a comer hein ??...
Amanhã tenho reconsulta com a nutri,ela vai mudar minha dieta...vou seguir suas dicas contar timtim por timtim oq eu não consigo ficar sem,quem sabe assim dá certo !
bjos

Dalila disse...

Ótima postagem!
Adorei!
Infelizmente não tenho ainda equilibrio suficiente para me desvenciliar do vício em comida sozinha... mas aos poucos vamkos construindo esse equilibrio.

bjs e boa semana!

vani disse...

É Luciana as vezes é dificil de entender parece que a nossa cabeça não segue a razão, e não dar pra viver de dieta pro rsto da vida, mas como me convenser disso e aprender a comer corretamente eu ainda não sei mas estoun aprendendo aos poucos.

disse...

O problema está no interior com certeza.A gente q saber a hora de parar, respirar!!

Estar magra, estar gorda...isso é um estado.Ser magra, ser gorda...ai está o problema.

Amiga vc sempre muito prestativa, és uma profissinal maravilhosa.

Beijos

Anne costa disse...

Lu,respondendo sua pergunta;
Olha eu gosto muito de comer,mas confesso que isto não chega ser uma tortura,só é,quando tenho crises compulsivas,mas isto não é todo dia,digamos que duas vezes em 1 mês.
Têm algumas coisas que gosto de fazer tipo,viajar,ver um filme e passear com meus filhos,gosto muito de caminhar,mas ás vezes o cansaço acaba me vencendo.rsrsr
Mas fiquei na dúvida,quanto a eliminação do meu peso,vc disse que emagreci muito pra uma semana,mas os médicos dizem que o normal é de 500kg á 1kilo por semana,passei 300grams disso,e olha que foi comendo de tudo,e teve algumas deslizadas,o que vc recomendaria?

Beijos e uma semana de sucesso pra nós!!!

Carolissima disse...

Ahhhh.. amei seu post!!!!!!!!!!
Tudo a ver com o meu de hj (19/01).
Fikei mto feliz, pq, pelo visto, estou no caminho certo!
Obrigado por ser essa luz entre nós!!
Bjks

Leila Diniz disse...

. oi Lú, obrigada pela visita e apoio.
. continue firme e forte.
. conte comigo e com você mesma!
. beijinhos mil.
. fique com DEUS.

Anne costa disse...

Oi Lu,obrigado pelos esclarecimentos,mas é que meu organismo responde muito rápido a qualquer dieta,mesmo que eu reduza poucas calorias,tipo assim,saábdo e ontem eu fiquei em torno de 1.800 calorias,daí hoje me pesei e não tinha engordado nada,entendeu?
Mas juro que estou querendo aprender a melhor forma de eliminar peso,porque quero manter,só que como toda gordinha,eu não quero perder 1 kilo por mês,mas se eu perder 1 por semana,vc acha que irei recuperar o peso rapído?desculpe a a molação viu amore.rsrs

Beijos!!!

Cris disse...

Oi, Luciana! Tem uma vizinha da minha mãe que queria perder peso logo, coisa assim de uma semana, daí ficou tomando só café. Só café. Tem noção? É claro que ela não agüentou, passou mal e a dieta foi pra cucuias. Fora o que ouviu de todo mundo. Equilíbrio é fundamental.
Bjs!

Márcia disse...

OI,tudo bem?
Achei muito interessante seu comentário sobre as razões que estão por trás do ganho de peso.
Realmente descontamos nossas emoções na comida e depois queremos emagrecer num passe de mágica.
Precisamos focar a atenção no que de fato nos aflige desviando-nos da compulsão alimentar ,tomando as rédeas de nosso emagrecimento.
Escrevo um blog sobre nutrição e gostaria que me desse sua opinião, obrigada.
http://www.guiadanutricao.blogspot.com

cintia disse...

OI LÚ! Obrigada pelo recadinho... Eu anoto sim, faço planilhas pra mostrar pra minha terapeuta... Ela é uma das pessoas que estão me ajudando a vencer a CA. Não posto tudo no blog por falta de tempo... Mas pretendo postar sim! Adoro as dicas, muito obrigada!!!

@line disse...

Por isso chamamos de Reeducação!
É como aprender a falar baixo, a dizer menos palavrões, a ser mais gentil... enfim, vc se policia e depois vira um hábito mto saudável!!
Adorei o post!
bjokas e ótima semana!!

Dany disse...

Adorei a postagem!!!!Muito boa...
Gostei muito so seu blog,vou ser sua seguidora agora!

A Borboleta disse...

certissima, parabens passamos uma vida inteiraaaa engordando e queremos emagrecer num piscar de olhos.
emagrecimento é decisões maduras quando andam juntos, o sucesso e garantido beijos
mudei de blog

cintia disse...

Oi Lú, obrigada pela força! Grande bj pra vc!!!

disse...

Passando para deixar um beijo e deseuma ótima semana.

Teh mais.

Eddi disse...

Oi florzinha, que saudade de vc viu!!! Olha, desculpa minha ausência tá!
Bom, sobre a sua post de hj, sabe que uma partinha dela me chamou bastante atenção...essa aqui ó:

***como se a comida fosse a grande vilã nesse processo chamado obesidade e não a forma que a utilizamos de fato***

que verdade né Lú? como demorei pra entender que não era comida que me fazia mal, e sim a minha relação com ela, e sim a forma como eu usava ela na minha vida.
Bom, sem comentários minha amiga, vc sempre com posts tão sábias. Vc é mesmo uma professora pra mim. Bjokinhas e fica com Deus!!!

Juh disse...

adorei o ceu post querida luciana!!!
adoro suas dicas!!!;)

beijinhos

Juh

Anne costa disse...

Amore,estou seguindo seus sábios conselhos,aumentei minhas calorias e com isto não tenho tido compulsões e acredita que tô até emagrecendo?rsrs

Beijos!!!

Dani disse...

Luciana, querida, que saudade de vc!!! Estou passando rapidinho só pra dizer que voltei e que em breve colocarei minhas postagens e visitas em dia.
Beijosssssssss!!!!

Juliana Viruel disse...

Luuuuu...voltei de férias e vim aqui dizer que apesar de não ter dado certo da gente se encontrar ... foi muito bom conversar um pouquinho com vc por telefone.

Beijo grande

Silvinha disse...

Luciana,adorei o post.
É verdade, sempre se coloca a comida em tudo... Se está triste come pra compensar, se está feliz come para comemorar. Ninguém merece!!!
Penso que estou no caminho certo, já tem mais de um ano que estou tendo uma boa relação com a comida e não estou em dieta e sim em processo de emagrecimento. Fica mais leve pensar dessa forma. Dieta restringe e não é isso que quero, como você disse ninguém consegue ficar de dieta a vida toda.
Outra coisa interessante do post foi sobre o paladar, quando você mastiga bastante, ele fica mais aguçado e basta um pequeno pedaço de chocolate ou qualquer coisa que se goste pra satisfazer, não precisa devorar barras e mais barras de choco e outros...
Se blog informa bastante!!!!
Beijokas

Paula disse...

oi lu,
minha energia ta canalizada inteira para comida, é uma coisa engraçada, como rapido e acabo comendo muito...conclusao aumento de peso e a bagunça que esta meu estomago, aliada a outros problemas...
qto aos meninos, esses exageram em muitas coisas, a começar qdo decidem por malhar, ficam todos "puxando ferro nas academias e se amando nos espelhos", e a alimentação, se não tÊm alguem para acompanha-los, certamente descuidam e perdem o controle...
em casa continuamos batendo na tecla que obesidade é caso de saude publica e as prefeituras das cidades ainda nao se atentaram a isso...o governo ainda nao vestiu a camisa...
bjao

Estar Bem corpo & Alma disse...

Muito bom seu post. Esse é um mal que afeta bastante o meio adolescente, acho que os pais devem sempre orientar suas filhas em relação a tudo isso.
bjos.

MONICA LEMOS disse...

OLÁ NOVA AMIGA,LI SEU POST E CONCORDO ME ALIMENTAR BEM TEM Q SER PRA VIDA TODA.......
POR ISSO PROCUREI UMA NUTRICIONISTA
Q ME PASSOU UMA REEDUCAÇÃO ALIMENTAR ,POSSO COMER DE TUDO UM POUCO........
ELA ME DISSE Q NO COMEÇO TALVEZ SEJA DIFICIL ,MAS DEPOIS SERÁ ALGO MAIS Q NATURAL PRA MIM......(ASSIM ESPERO RSRSRSRS).
BJKASSSSSS.
E BLIGADINHO PELOS PARABÉNS.....
PS.COMI SÓ UMA FINA FATIA DE BOLO,HOJE MALHEI 15MN A MAIS ENTÃO Ñ BATEU CULPA....

Carine disse...

Oie!!! Brigadaum por te etrado no meu blog, to tentando arruma-lo, te confesso to viciada nesse negócio, comecei com o da Violine Estética de Unhas, mas acabei vendo um programa aki no sul, e conheci o da Pri o Priemforma, e amei, naum consigo ficar um dia sem entrar, afinal nossos objetivos saum os mesmos, agora tenhu mais um na lista , O TEU, hehe. Bjkas fofas

www.sualista.com.br disse...

www.sualista.com.br