domingo, 28 de setembro de 2008





REFLEXÃO SOBRE A OBESIDADE

Diante das atribulações que passamos em nosso dia a dia, vem aumentando a frequência de pacientes que trazem relatos , de que utilizam a comida como forma de compensar o cansaço, ou as situações de estress que passou durante o seu dia.

A obesidade vem denunciar e concretizar a dor que o sujeito está exposto.As frustrações ficam impressas na gordura, que vem de alguma forma com a finalidade de bloquear a dor,tentando esconder do mundo aquilo que o aflinge,que o coloca vulnerável ,sejam para as pessoas que a rodeiam ou como forma de se esconder de si mesma.

Cerca de 90% dos pacientes que chegam ao consultório buscando a perda de peso , deixa aparecer um pedido de socorro para suas questões emocionais, vê seu discurso sucumbir tornando secundário a perda de peso, para tratar das situações de sua vida.
A obesidade está sendo considerada hoje como uma epidemia,sendo necessário e urgente uma mudança na postura dos tratamentos, levando em consideração esses fatores que vem sendo fortes disparadores para o consumo de comidas.

Com isso não estou desconsiderando os múltiplos fatores que contribuem para a obesidade, mas propondo uma reflexão que gere mudanças no enfoque do tratamento da obesidade, para que profissionais e pacientes, possam obter resultados mais concretos e eficientes, nessa luta tão difícil e sofrida que é a perda de peso.

Luciana Kotaka
Psicóloga Clínica

26 comentários:

Vania San disse...

Muito boa essa reflexão porque acho que esse é o ponto: a obesidade exige tratamento nutricional e atividade física, mas a PESSOA OBESA precisa de um acompanhamento psicológico.

Normalmente a "pessoa obesa" tem mesmo muito a "melhorar" na própria vida!

Beijos

●๋๋•P®ï●๋๋• disse...

Para mim o comer compulsivo,a obesidade é realmente uma doença física, emocional e espiritual e é nessas frentes que me trato para atingir meu objetivo com equilibrio!

Ninguém come absurdamente s enão sofre, ninguém sofre por nada e ninguém que come para combater um sofrimento estácom o emocional lá muito equilibrado... pois a comida em excesso,o peso só aumenta o sofrimento... é uma bola de neve!

Adorei a reflexão!

Crista disse...

Oi miga,
estou organizando fins de semana saudáveis. Queres passar lá e dar uma opinião????


Beijos grandes e muitos sorrisos

Danielle Balata disse...

Dra, muito bom esse texto, e ontem eu fiz exatamente isso.. me afoguei a comida, devido a uns probleminhas emocionais que to passando.. vejo um termino de relacionamento como um balde cheio de comida e to me entregando a isso.. Mas acordei decidida a mudar esse quadro hoje e agora.

Beijos

Jam disse...

luciana. estava assistindo agora h'a pouco um programa na tv espanhola. tinha uma psicologa que abordou este tema. muito interessante. esta semana quero muito escrever sobre isso. excelente post. bjos

Anabela disse...

É...a cabeça tem que ser cuidada também. Emagrecer o físico, mas lidando bem com a imagem do espelho, e acompanhando essa luta com exercício e terapia...isto para mim, é o ideal num processo de emagrecimento.
Beijo de carinho

Quety disse...

olá querida!
reflexão 100% válida; os proficionais da saúde devem levar em conta, sempre que puderem, a questão emocional dos seus pacientes.
também entendo fundamental uma auto-análise do paciente. este é quem deve se conscientizar, e buscar os seus caminhos.
profissionais como você são como anjos na terra.
um beijo grande

Dalinha = ) disse...

certim certim
dorei o post

bjoo

Gabi disse...

Certinho!
Gostei!
Ótimasemana!
Bjs

Drika disse...

Agora eu estou me controlando mais.
Mas sempre descontei todas as minhas frustrações na comida e com isso só quem saiu perdendo fui eu. Estou me conscientizando de que comida não é solução para os meus problemas.

Bjs e ótima semana.

Flavinha disse...

Voce é otima...sempre passo aqui, pois sei que tem algo novo pra aprender com voce..obrigada.
bjssss

☆ Daiane ☆ disse...

Ooi guriia ..
Poois eh afinal de ke adianta tratar a obesidade de uma pessoa, se a causa foi o emocional, etc ? oO
Acredito ki os dois tem de andar juntos ..
Corpo e mente em mesma sintoniia ! ^^
Fooi soh assim ki consegui emagrecer !
Beejo, boa semana viu ?

Kamila - My life is brilliant disse...

Eu faco parte do grupo de pesssoas que descontam os sentimentos na alimentacao. Penso que e realmente perigoso porque a gente nao ve, o efeito as vezes e muito devegar, mas de repente pode ser sem volta.

Otima reflexao !
Beijos

Fabi disse...

Olá Luciana! Muito obrigada pela visita, goste muito daqui, com certeza voltarei mais vezes!
Abraço!

Dalinha = ) disse...

Amiga mto obrigado pela força..pelas dicas tbm!

bjãoo lindona
fica c Deus

Carina Gennari disse...

BOA NOITE !!!!
ESTOU PASSANDO PARA TE DESEJAR UMA LINDA NOITE, E QUE SEU DIA SEJA MARAVILHOSO REPLETO DE FELICIDADES.
ADORO SEU BLOG, SEMPRE CHEIO DE DICAS!!!
AMEI SUA VISITA, VOLTE SEMPRE
BEIJIHOS MAGRINHOS!!!
MEU BLOG MUDOU PARA
http://emagrecerbemefeliz.blogspot.com/

Gabi disse...

Bom dia!
Obrigada pela força e pelas dicas!
Bjs

Clarice disse...

Luciana, amei essa reflexão, um texto que devemos observar com carinho, as vezes passamos por isso no nosso dia a dia, e é depois de ler textos como esses que nos analisamos e encontramos onde erramos. Parabéns por sempre postar textos que são brilhantes em nosso dia a dia.
Um grande beijo e uma excelente semana!

Cláudia disse...

Tens toda a razão, não descurando todas as outras nuances da obesidade, mas a parte psicológica é sem dúvida importantissima! Eu pela primeira vez na vida estou a admitir a mim mesma que como muitas vezes para compensar a minha depressão e ansiedade.
:(
Sinto que dei um passo grande, porque durante muito tempo nao o admitia.
Sou capaz de passar horas sem comer e depois comer demais na refeição que se segue. Se me deixarem e se eu estiver deprimida, mesmo com banda gastrica, acho que como um bolo inteiro , lol!
(nunca aconteceu, mas vontade não faltou)
Beijinho para ti e obrigada por abordares estes assuntos desta forma, é importantissimo que haja esta consciencialização por parte de todas as pessoas obesas ou com excesso de peso.

Gesiani disse...

Muito obrigada ta.

Bjss

Gaby disse...

Mto bom! =D

~~ Sereiah ~~ disse...

A primeira vez que consultei uma nutricionista, fiquei com vergonha de mim mesma... Ela me deu um questionário que perguntava se eu comia quando estava triste ou alegre? Eu comia nas duas opções! Eu sarava tudo com comida! Serviu de alerta para minhas reflexões! Obrigada pela visita! Bjks

Clarice disse...

Oi Luciana! Obrigada por sempre nos tratar com tanto carinho e atenção, adoro suas visitas e comentários em meu blog, fico muito feliz em recebê-la em meu cantinho, passei para deixar um grande beijo e lhe desejar uma excelente sexta-feira.

Ale disse...

ola passando para conhecer adorei... bjs!! irei te linkar!!!

Dani disse...

O tratamento da obesidade precisa se cercado de inúmeros cuidados. Fora os já tão conhecidos, acredito que o acompanhamento psicológico é fundamental...
Beijosssssssss

ミ★Pลmÿ Franzen★彡 disse...

Oi Drª. Beim isso q estou passando msmo, sem trabalhar, só em ksa, dividas aumentando, eu me sentindo inutil, só penso em comer, comer e comer. Tem horas q ñ consigo fazer nada pq só penso em comer, como se fazendo isso td d ruim q estou sentindo fosse passar... dpois q to quase passando mau d tanto comer vem a culpa, me sinto pior ainda por ter comido tanto e choro.... é horrivel