sábado, 25 de abril de 2009

NORMOSE - A doença de querer ser normal

.



Todo mundo quer se encaixar num padrão. Só que o padrão propagado não é
exatamente fácil de alcançar.


O sujeito "normal" é magro, alegre, belo, sociável, e bem-sucedido.


Bebe socialmente, está de bem com a vida, não pode parecer de forma alguma que está passando por algum problema.


Quem não se "normaliza", quem não se encaixa nesses padrões, acaba adoecendo. A angústia de não ser o que os outros esperam de nós gera bulimias, depressões, síndromes do pânico e outras manifestações de não enquadramento.


A pergunta a ser feita é: quem espera o quê de nós?


Quem são esses ditadores de comportamento que "exercem" tanto poder sobre
nossas vidas?


Nenhum João, Zé ou Ana bate à sua porta exigindo que você seja assim ou assado.


Quem nos exige é uma coletividade abstrata que ganha "presença" através de modelos


de comportamento amplamente divulgados.


A normose não é brincadeira. Ela estimula a inveja, a auto-depreciação e a ânsia de querer ser o que não se precisa ser. Você precisa de quantos pares de sapato?


Comparecer em quantas festas por mês? Pesar quantos quilos até o verão chegar?


Então, como aliviar os sintomas desta doença?


Um pouco de auto-estima basta.


Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente,
e sim, aquelas que desenvolveram personalidade própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo.


Criaram o seu "normal" e jogaram fora a fórmula, não patentearam, não passaram adiante.


O normal de cada um tem que ser original.


Não adianta querer tomar para si as ilusões e desejos dos outros. É fraude.


E uma vida fraudulenta faz sofrer demais. Eu simpatizo cada vez mais com aqueles que lutam
para remover obstáculos mentais e emocionais e tentam viver de forma mais íntegra, simples e sincera.


Para mim são os verdadeiros normais, porque não conseguem colocar máscaras ou simular situações.


Se parecem sofrer, é porque estão sofrendo. E se estão sorrindo, é porque a alma lhes é

iluminada.

Por isso divulgue o alerta: a normose está doutrinando erradamente muitos homens e mulheres que poderiam, se quisessem, ser bem mais autênticos e felizes.


Créditos:Michel Schimidt
Psicoterapeuta

34 comentários:

Morena tropicana disse...

Eu costumo ser bem transparente e verdadeira comigo e com o próximo,eu só uso algo da moda se gostar,só saiu se estiver afim,aprendi a dizer nao qdo tenho q dizer nao e a dizer sim qdo quero dizer sim,e hj eu quero emagrecer pq não estou satisfeita com esses 7 quilos a mais,mas se eu fosse pelas pessoas,eu nao emagreceria,todos acham que meu corpo está legal.Mas antes de tudo nós temos que ficar bem conosco!

Dani disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dani disse...

Luciana!!!!!!!!! Que texto bárbaro! Adorei o termo! Quando eu me assumi e vi que podia gostar de mim, tb tive certeza que não era "normal". Passei a fazer o que eu gostava e me portar como achava que deveria... Mas a sociedade te exclui. Mesmo sabendo que o normal é ser diferente. Mas eu não me importo com a sociedade. Me importo hoje comigo. E é assim que eu quero ser...
Beijim!!!! E ótimo final de semana.
Me passa depois o site da menina que vc me falou que é otima... Parece que o me b num vai dar certo... Fala sério!

PS: deletei o conetário anterior sem querer... ops!

Ambie Gabi disse...

Post simples e ao mesmo tempo muito esclarecedor.
A parte que eu mais gostei foi essa:

"Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente, e sim, aquelas que desenvolveram personalidade própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo."

Pena que as pessoas que sofrem dessa doença têm uma visam tão deturpada que não conseguem ao menos entender o que vc quis transmitir. Tenho pena dessas pessoas tão pobres de espírito.

Obg. por estar sempre aqui nos ajudando :)

;**

Ambie Gabi disse...

visão*

Marcia disse...

Querida Luciana, tudo bem?
Não me importo muito com os padróesimpostos pela sociedade porém ás vezes dexo-me influenciar por pessoas próximas principalmente se as amo muito o que não raro acaba me prejudicando.
Preciso melhorar minha auto-estima e amadurecer.
Um grande abraço e que DEUS a abençoe.

Morena tropicana disse...

vc malha sabados e domingos?

Fênix disse...

Por isso que gosto de vir aqui, sempre tem fichas para cair. rsrs
Beijocas e bom sábado.

Lou disse...

Nossaaaaaaaaaaaa, eu tenho Normose!
E agora?
Bjim

Luna disse...

Olá linda..

Passei para conhecer o teu bloguinho e adorei...

Se me permitires, passarei aqui mais vezes, para que nos possamos apoiar mutuamente!?

Parabéns plas tuas conquistas até hoje! Força e persistência sempre...juntas iremos conseguir chegar ao nosso objectivo!!!

Vou ficar a aguardar uma visitinha tua, tá?

Adorei..

Desejo-te a continuação de um lindo fim-de-semana....

Beijinhos e até breve...

zizi disse...

Olá Lú!
Veja quanto bem faz a auto-estima...
Desenvolver o "normal original" depende de auto-conhecimento e respeito a si mesmo, o que também passa pela virtuosa auto- estima...
O texto faz um alerta importante. Gostei!
Bjo e ótimo domingo!

Luka disse...

Eu só sei de uma coisa, que cada um sabe a dor e a delicia de ser o que é..!!

Carolissima disse...

Sou super a favor a essa sua campanha de conscientização contra o padrão estético dominante, ao mesmo tempo em que incentiva a alimentação saudável.
É esse mesmo o caminho, né???!!! :D
Beijinhos

Paula disse...

oi lu,
sabe que fiquei me questionando quem sao as pessoas que admiro?e nao tinha nessa lista nenhum padrao, magerrimo, cabelo impecavel, roupas da moda...mas pessoas inteligentes, capazes, honestas, amigas, sinceras e verdadeiras, acima do peso, que se vestem até mal...rssss
acho que vale repensar o que ando buscando...porque....para que e chegarei onde????fazer as coisas por mim, nao pelos outros...aos olhos do outro...
adorei o post.....

bjosssssss
bom domingp

Morena tropicana disse...

Estou procurando fazer um cardápio balanceado...vou ver isso

¤ Little Twin Stαrs disse...

ai, seu post é bem real ..
eu parei pra refletir e percebi que tudo isso é verdade. todos nos estamos sempre querendo ser normais e quando nao conseguimos da primeira vez, adoecemos :\
beijos ♥

disse...

Outro texto premiado! Parabéns pela escolha do post e obrigada por compartilhar.
Bjs.

Paty Roberta disse...

Nem preciso falar nada, parece que esse post foi escrito prá mim...

Beijão e tenha uma excelente semana!

maria/andrea disse...

Oi Lu, muito bom esse post viu.
Infelizmente pra muita gente, o "normal" é ser assim mesmo: "magro", bem sucedido, ter um bom emprego... muitos esquecem de coisas mais importantes... Já fui assim, admito. Hoje, tenho outras prioridades, hehe.
Bem, tem selinho pra vc lá no meu blog.
Passa lá pra pegar.
Beijos e ótima semana.

Ale disse...

Sinceramente as x sofro dessa doença... seila fico neura, mas ai me bate aquela vontade loca de deixar tudo e ser simplismente a Ale até levo um tempo mas ai logo me tomo por esse sentimento horrivellll... e sempre tem algo que aconteçe pra mim ficar assim :(
bjks

Vania San disse...

Luciana, eu gosto de pensar assim: se o mundo congelasse e nada mais mudasse eu seria feliz como sou.

Estou tentando melhorar, mas tenho aprendido a gostar de "me ver" e de "estar sob minha própria pele".

Com isso, tenho tido mais força para conquistar o que quero.

Beijos

Denny disse...

Criatura de Deus.... e eu queria tanto ser "normal", ahahahaha... Tá loco, a gente fica pondo esse "normal" num padrão totalmente equivocado hein...




Bjocão meu doce e boa semana!


FUIZ...

Ester disse...

Oi amiga!


Quando vc tiver um tempinho, vote no meu blog que está participando de um concurso, ficarei muito feliz, o link está na última postagem em meu blog Esterança!


obrigada de coração!

Luciana disse...

Olá querida amiga LU!!!
è estive um pouco distante,mas agora estou retomando com mais firmeza meus objetivos...não é inteligendesistir ou ficar à margem do caminho.Por isso estou aki,e vim agradecer sua visitinha...você é maravilhosa!!!
Não se preocupe,estarei sempre por aki...amei o post de hj,pois te digo que há tempos já vinha refletindo sobre o assunto!!!
mil bjus querida!

Paula disse...

lu,
boa semana pra vc...

bjao

Luciana disse...

Olá amigaaa!!!
Obrigada pelo carinho...também te gosto muitooooooo!!!O que acontece é que eu estava precisando me reencontrar novamente,por isto, é que só agora apareci linda flor!!!
Amiga,quanto a Clarice,se vc der uma passadinha em seu blog e ler o post de ontem,entenderá o que ela tem passado ok?!
Milhões de bjus
e até mais...

Vera disse...

Isso é terrível, Lú!!
Cada dia mais as pessoas se sentem "pressionadas" a ser como os exemplos da mídia! Só que esses exemplos, não passam de falsos exemplos...essa é a verdade!
E, se não tomamos muuuuito cuidado, somos levados de embrulho nesses modelos fictícios e acabamos querendo ser o que não somos e nem seremos!
Eu acho que estou conseguindo (muito devagar) encontrar o equilíbrio entre o real e o fictício, mas confesso que está sendo aos poucos!
Bjks!!! Bom começo de semana!!!

Juh disse...

ai querida!!!adoro as suas matérias!!!você é uma querida!!!eu te adoro!!!

beijinho

Juh

desconhecida disse...

oie
obrigada pelo comentario no meu blog,vou marcar uma consulta com uma nutricionista e ver qual a avaliaçao dela sobre mim,quanto ao post,achei otimo,vc sempre escreve coisas pra aprendermos mais sobre nós mesmos seres humanos cheios de defeitos
bjokas

Manoel José de Santana(Manoel Limoeiro) disse...

É UM PRAZER AMIGA, ENTRAR NO TEU BLOG. APARTIR DE AGORA SOU TEU SEGUIDOR NO TEU SITE. O MESMO ESPRO QUE VC SEJA MINHA SEGUIDORA. UM ABRAÇO.

.gaabi mariana disse...

Luciana, adorei o texto gostaria muito de trocar ideias com voce *:
beijos

Cristiane disse...

Adorei o post, realmente eu sou uma pessoa normal..grças a Deus...
Sei que preciso emagrecer, mas o motivo principal e pela minha saúde, claro que a estética faz parte e ajuda muito....
Eu sou NORMAL...rsrsrs isso é bom...e saber disso já estame ajudando...
grandes bjs e um lindo final de semana pra ti

Jackeline Depp disse...

O texto é muito estimulante para que sejamos nós mesmos e possamos com isso, evoluir cada dia mais nesse planeta de provas e expiações...Aproveito para deixar uma sugestão de leitura: O Evangelho Segundo o Espiritismo e O Livro dos Espíritos".
Beijão de luz e paz à todos e um especial pra Lu!!!
Jackie Depp
http://johnnydeppmadness.blogspot.com/

www.sualista.com.br disse...

www.sualista.com.br