terça-feira, 24 de fevereiro de 2009




Quem já não se sentiu perdido, sem saber por onde começar?



Muitas vezes no nosso dia a dia, vamos passando por cima de muitas situações, obrigações, desejos, enfim, de nós mesmos, por não estarmos prontos, preparados para resolvermos um determinado conflito ou situação.



Sabe aquele dia que estamos com pressa e erguemos o tapete e jogamos deliberadamente a sujeira que está no chão debaixo dele ?



Quem não faz isso em algum momento da vida? Todos nós fazemos! Muitas vezes por falta de tempo, outras por falta de condições, e outras por não estarmos preparados para arrumar essa bagunça.



Seja qual for a respota, a verdade é que isso vai acontecer, e se esquecermos de erguer o tapete e limpar a bagunça que ficou escondida, essa bagunça vai ficar grudada no chão, cravada, mas um dia vamos ter que criar coragem e fazer uma faxina , ou podemos fazer de conta que ela não existe e continuar jogando a sujeira debaixo do tapete.



Mas o que esse texto quer nos mostrar que não queremos ver? Qual será a relação da obesidade, dos transtornos alimentares, com tudo isso?



Vendo sob a ótica da psicologia, tem muito a se pensar e refletir.... O que a comida vem tapar, preencher ou será amortecer ?



Claro que a obesidade é multifatorial, mas estou analisando a relação do emocional nesse processo, na queixas frequentes que chegam, nos relatos, das dores, das angústias que vão se somando junto com a comida engolida, muitas vezes sem prazer, mas por uma necessidade de resolver, de resgatar um prazer ou um equilíbrio a custa de comportamentos que acabam sendo de auto agressão.



A importância de se trabalhar os aspectos emocionais em um processo de reeducação alimentar é indubitavelmente necessário, pois desta forma poderá canalizar sentimentos, emoções de forma assertiva, promovendo um resgate da auto estima, do respeito para com seu eu, com o seu corpo.



Emagrecer e permanecer magro, dentro do padrão de beleza pessoal, de acordo com seu biotipo, idade e história de vida, pois isso é o real, nossas heranças, traços e estruturas de nossa família.


Esse é o nosso eu, digno de respeito, de amor e de carinho e não fotos ou imagens de mulheres magérimas, que se maltratam, que sofrem, para se manterem dentro de um ideal de beleza.



Esse é a nossa meta, ser feliz com o nosso possível, dentro de um processo adequado e saudável.


Então lhes digo respondendo a pergunta acima: Por onde começar? Por você mesma!


Luciana Kotaka
Psicóloga Clínica
Curitiba - PR




48 comentários:

Aline Satiko disse...

Lu, obrigada pela visita em meu blog!
São sempre bem vindas suas visitinha!
Agora quanto ao artigo, com cereteza, jogamos a sujeira para baixo do tapete, e nos enganamos com isso!!!!
Devemos sim, ser magras e lindas, e não nos matarmos para isso acontecer!
Obrigada mais uma vez!!!!
Bjkas e ótima semana :)

Isa Gomes disse...

Oi, conheça meu blog, se gostar me linka.
Bj

disse...

Lú, amei este post...vou até deixar um link lá no meu blog rsrsr!!

Bom, sei lá oq eu estou tentando tapar com a comida...qdo descobrir tudo será mais fácil!Mas a minha vontade de ser magra e saudável novamente me deix cheia de esperança.

AMOOOO SENTIR Q POSSO, MESMO CAINDO E ME MACHUCANDO (como fiz essa semana)

Lobo disse...

Nossa, e eu só conheci seu blog hoje! Adorei os textos, sai da mesmice de revistas lights que encontro por aí. Muito obrigado por compartilhar seu conhecimento conosco! Ganhou um fã e acompanhante (blogueiramente falando lógico rs)

Beijos do Lobo!

***Nara*** disse...

Lembrei da frase do filme "Maus Hábitos": Alguém só pára de comer qdo está mto cheio ou mto vazio rs. Tenho analisado meus multifatores em termos de comida, para dar a a ela sua devida e pequena proporçao na minha vida rs. Beijos

.:. Pati .:. disse...

Ai que lindo esse post Lu!!! Arrasou! Amei!!! Sabe que há anos atras já caí nessa de recortar de revista mulheres lindas e querer ser igual... mas eu não sou... sou eu mesma, tenho o meu tipo de corpo, miha história... e dentro disso, quero ser o melhor que posso!!! ;-) O principal é a nossa felicidade né?
Beijo grande e obrigado pelo carinho la no meu blog! Semana que vem eu começo academia, então vamos ver se mexer o corpo manda o cansaço pra bem longe!!! E depois tb tenho nutricionista em março, vou comentar isso com ela... agora ninguem me segura... a não ser eu mesma, não é?

Mya Schroeder disse...

Lu...Era tudo o q eu precisava.
Acho q já te disse, q criei uma pastinha no meu PC, onde eu copio todas essas informações valiosas q vc nos passa, né...Acho q ja te disse.
È mto bom ler vc...

Bjão

Mya

EA disse...

olaaa querida, adorei esse seu artigo, estou a passar por uma fase complicada a nivel profissional, e em 1 semana engordei 3 quilos e nao foi pq comi que nem uma louca, mas sim a ansiedade engorda ... e ultimamente ando a gostar mto pouco de mim ... mas isso tem de mudar, meu objectivo agora quando acabar esse problema é me mudar de volta para o Brasil. Para Fortaleza, aonde tenho familia e amigos, beijos enormes para vc

Aninha-imc22 disse...

acredito ser um dos piores tratamentos, pq depende de algo desacreditado: Nós...temos que tirar força de onde já não se possui...mas tb os resultados são os melhores, ganhamos admiração de muitos pela superação e conquista!! Isso eu quero ver e sentir com certeza!!

Kat disse...

Oi Lú! Esse post tem tudo a ver com minhas últimas semanas.. Graças a Deus, eu tirei um tempo para respirar e me reencontrei.
Estava com saudades de você e seu cantinho tão especial, aos poucos vou colocando as visitas em dia.
Muitos beijos e bom restinho de feriado!

Mirelle disse...

Lu, o artigo é maravilhoso, diz a verdade mais verdadeira e aquela que normalmente não queremos ver. Bjs

Paula disse...

oi lu

comc erteza vivo tentando esconder coisas e sentimentos embaixo do tapete...se posso fugir delas pq enfrenta-las...ate que um dia o tapete nao comporta mais nada e a sujeira começa aparecer...aí doi!!!Da alergia e td mais...rssss
brincadeiras a parte, acho que preciso aprender a limpar melhor meu eu sem esconder nada embaixo do tapete....

bjos

Mya Schroeder disse...

Lu querida! Estamos mesmo bem pertinho...Acho q uns 120km, não é?
Não tenho previsão de qdo vou a Curitiba, visto q quase não conheço ninguém aí...
Mas podemos marcar um encontro ligth!
Seria uma boa! Poderíamos combinar com várias meninas blogueiras q moram aki por perto da gente, daí decidiríamos um lugar, e poderíamos nos conhecer, e nos encorajar! Fica a dica...
O q vc acha?

Bjão

Mya

Ps.: Sua visita me deixa feliz d+!

...Metamorfoseadora... disse...

Querida, adoreiii seu blog... as dicas são Maravilhosas... com toda certeza já está entre meus blogs favoritos... parabéns pela iniciativa...
e obrigada pela visita no blog, volte sempre, sera muitissimo bem vinda...
Milhões de beijos... e muito sucesso p/ vc... ;D

Crista disse...

É isso aí Luciana!!!
Vamos lá que do nosso corpo só nós podemos cuidar.
Beijos grandes

Isa disse...

mais uma vez obrigada pela sabias palavras!!!! beijinhos

Musa disse...

Lú, muito obrigada pelas visitas e palavras de apoio e incentivo. Seu blog e suas postagens me deixam cada dia mais convicta que estou no caminho certo. Vou conseguir.


Beijinhos

Da gordura à formosura disse...

Olá Luciana. É verdade que tenho andado desaparecida, mas não é só no teu blogue e sim no geral. Quando não nos sentimos bem, por vezes precisamos "lamber as feridas" sozinhos.
Os teus posts são sempre muito interessantes e eu gosto muito de os ler.
O de hoje por exemplo tem tudo a ver com o que estou a passar agora. Sei prefeitamente que se não tiver cuidado, se não erguer os braços com força e voltar ao meu caminho a "sujeira que está debaixo do tapete" vai tomar proporções que não quero. Eu continuo na luta, estou mais fraquinha, mas vou recuperar forças novamente.
Beijinhos.

Sibele disse...

Olá,Lu!Td bem?Obrigada pela sua visita no meu blog.Pois é esconder a sujeira pra debaixo do tapete é o que mais fazemos, mas não resolve nada.Por isso, além de mstar mudando por fora,estou mudando por dentro também, estou começando a me ver com outros olhos,me amando e me respeitando mai, tenho que ir ao encontro das coisas que acredito.Tenho que ser eu mesma e ser feliz assim.A mudança deve começar de dentro pra fora caso contrário não dará certo.
Beijossss

Meninas de Pantufa disse...

Olá..
nossa é verdade, tantas vezes comi sem prazer, sem sentir o sabor... apenas para afogar alguma angústia vivida no determinado momento....
vou procurar ser feliz por mim mesmo.....
agora já chega, está na hora de fazer a faxina.........a grande faxina na minha vida....
muito bom post.... parabéns...

Ah, e aproveitando tem um selinho pra vc lá no meu blog..... passa lá...

beijos.......

Destino-Emagrecer disse...

Oi Luciana, como sempre mais um óptimo texto!
Beijos

Daiene Cliquet disse...

Preciso fazer uma faxina!
As vezes acho que já poderia estar com meu peso normal, mas fico adiando.
Sei lá.

Preciso refletir sobre isso.

COm certeza seu post vei em uma boa hora.

BJocas
Daiene

Dalila disse...

ah... menina, o pior é que tem dias que a gente correr o mais longe possível da gente mesmo...

Ah, vou fazer uma entrevista para uma pós em psicanálise, vc recomenda? Não sei se algum dia eu venha a clinicar(talvez quando eu for normal...rsrs), mas sempre foi meu sonho estudar a psicologia e saber mais sobre psicanálise!

bjs

Leidiane disse...

Adorei seu post!!!Di nadinha...espero ve-la mais vezes ...Bj

Isa Gomes disse...

Luciana:
Muito obrigada pelo seu carinho e atenção.
Bj

Ale disse...

Caraca eu ja fiz isso inumeras vezes... é começar por mim mesma ai que tá kkkk, mas estou tentando me organizar e me achar.... tem brincadeira pra vc no meu blog bj

Dani disse...

Luciana, amei este post!! Nossa, quantas vezes me senti perdida... sem saber o que fazer!!! E é isso... dei prioridade para mim... comecei por mim mesma... e tem dado certo, pq sinto que tenho me reorganizado... Valeu por mais essa dica!!
Beijosssssssss

Sibele disse...

Olá,Lu!Td bem?Muito obrigada pelas suas visitas e pelo seu carinho lá no meu blog, volte sempre será sempre muito bem-vinda!
Já vou passar a te acompanhar para saber da novidades!
beijosss

Anastácia disse...

Querida estava com saudades de ler seus textos pouco piedosos com aqueles que mendigam piedade e amor dos outros por que sao incapazes de se dedicar amor. Confesso que precisei dividi-lo em algumas partes para o sofrimento tambem ser fracionado.
Queria muito responder a sua pergunta. "O que a comida vem tapar, preencher ou será amortecer?

R: TAPAR - O medo de fracassar, de nao ser capaz de realizar meus sonhos, o medo de ser adulta, o medo de errar.

PREENCHER - O vazio que sinto, deixado por mim mesma, o vazio da falta de amor proprio, dos cuidados com meu corpo e minha saude.

AMORTECER - A dor de ser deixada de lado por mim mesma, a dor do desamor, a dor do fracasso por nunca tentar, a dor de não saber aproveitar a felicidade.

100000000000000000000000000000000000000000 de bjs cheios de saudades

giovanna disse...

Ola Luciana muito obrigada pela visita , sera sempre bem vinda! Adorei o seu blog, muitissimo util p nós q sofremos com o peso ,obrigado por compartilhar o seu conhecimento com a gente , virei sua fã
Beijão!!!

Juh disse...

Já tinha saudades do seu cantinho!!!
sp a ajudar-nos querida Lu!!!

um beijinho muito grande em si!!!

Juh

Vivian Sbrussi disse...

Oiii LU!

tem um selinho pra vc lá no meu blog!

http://viviansbrussi.blogspot.com/2009/02/selo-seu-blog-e-roxie.html

bjo

Nanda Veloso Antão disse...

Oi!!!
Legal vc ter visitado meu blog, e simplesmente amei o seu, nossa é o que agente precisa, para qdo bate o desespero, e também tem dicas muito boas para seguirmos em frente com RA, meus parabéns!!!!

Anne costa disse...

Lu,obrigado pela força,voltei de ânimo renovado e disposta a recomeçar esta faxina que falou,chega de esconder a sujeira né?rsrs

Beijos!!!

Florimari disse...

dificil esta sendO achar tempo PRA MIM

Isis Gonzalez disse...

Olá Luciana!
Obrigada pela visita.
Lendo seu post lembrei do pq eu comecei minha R.A. E um dos fatores principais vou encontrar um controle emocional primeiro. E lendo um post antigo amei as dicas de como perder peso. Vou voltar sempre no seu blog. Já estou até acompanhando.
bjão

Anna Carolina disse...

Lu!
Amei seu blog.
esse texto me deu um up.
temos que emagrecer e ficar bem p mim e não p uma capa de revista!
Beijão

K. Willemann disse...

Eu geralmente tenho essa sensação de não saber por onde começar... e nem mesmo como recomeçar! Recomeçar deveria ser mais fácil, pois temos uma experiência, mas eu acho muito mais difícil.

Pra me motivar eu preciso de tudo NOVO. Projeto novo, idéias novas, planos diferentes!

Não sei se isso é bom ou ruim.

E é incrível mesmo como a gente tenta se enganar. Achando que se outra pessoa não souber do seu deslize é como se ele não tivesse existido. Esse é um problema que temos que trabalhar no processo de emagrecimento, pq a gente tenta até SE enganar e nos atrapalhamos!

Emagrecer é também ser mais honesto e mudar o jeito de pensar.

Muito bom o post.
Beijinhos

AndressA disse...

Luciana para que eu consiga começar por mim mesma a faxina acho q preciso de orientação.

Não é facil admitir isso, na verdade eu vivo fingindo que consigo sozinha q é "só" fazer isso e "só" nao fazer mais aquilo... mas percebo que nao é bem por aí!

Vamos voltar a morar no Brasil em breve e coinscidentemente meu pai mora em curitiba e devo manter certa frequencia nessa cidade... quero saber como funciona o acompanhamento psicologico p gordinhos, etc pode explicar melhor??

obrigada
bj

Cris disse...

Realmente, quem nunca fez isso...depois a gente reclama da falta de tempo ou falta de coisas concluídas, mas somos os únicos responsáveis.
Bjs!

Flavinha disse...

amiga obriga pelo carinho bjos

Renata disse...

O mais dificil é dar o primeiro passo, depois tudo se torna mais facil.
Tenha um bom final de semana.
Bjim

SONHO: SER MAGRA!! disse...

BRIGADA AMIGA ADD VC NO MEU MSN OK BRIGADA QUERO MUITO VC PRA ME AJUDAR POIS NAO SEIQ FAZER BRIGADA BJS.....

Kelly Bertaco disse...

Lu adorei seu post! No meu blog tenho escrito muito sobre Pensar Magro,pois foi o que fiz antes de eliminar ao menos 1 quilo, foi mudar meus pensamentos.
Dá uma passadinha por lá e ve se conconda c meus posts.
Tenho pesquisado na internet sobre o assunto, p poder ajudar minhas amigas blogueiras, pois sei que nem a redução do estomago é solução se os pensamentos n mudarem.
BJS!!
http://kbertaco.zip.net

Fênix disse...

Ótimo post como sempre, bom pra muitas reflexões e mais ações ainda.
Bjks e boa noite querida.

KAYA disse...

Oi Lú! É verdade! Muitas vezes eu jogo tudo prá baixo do tapete por vários fatores! E já percebi que, quando faço isso, me incomoda demais!
Canalizar esse comportamento para a alimentação é ainda mais triste! Eu, as vezes, acabo me achando chata, de tanto que me policio prá não fazer isso! E preciso me controlar muuuuito prá não fazer o mesmo com meu filho, pois quando vejo ele ameaçando derrapar, entro em estado de alerta máximo, porque sei que ele não fica nada bem depois, mas tenho noção de que isso não é motivo prá eu "atropelar" as fases que só ele mesmo pode resolver, não é?
Beijos e boa semana!!!

virandomodelo disse...

Luciana. Adooorei seu blog! Estou fazendo RA sim e gostando muito. Esta semana, no entanto, estou fazendo uma dietinha da sopa, só para ver se saio dessa casa decimal que tá difícil. Mas,semana que vem, venho contudo.
Posso te adicionar na minha lista de preferidos?
Beijos.

www.sualista.com.br disse...

www.sualista.com.br